Quem disse que era fácil?

Vencer Franca, no Pedrocão, não é para qualquer um. O Univates/Bira, com força no arremesso de 3 pontos no primeiro tempo do jogo, até que tentou, mas a equipe multi-campeã de Franca, não estava para brincadeira. Hélio Rubens conhece todos os atalhos do jogo, e a pressão que a torcida estava fazendo, até mesmo contestando o treinador, deve ter sido usado como fator motivacional.  Os francanos tiveram cinco jogadores marcando mais que 10 pontos, foram 69 no total, uma média de quase 14 pontos pra cada um. E o pessoal que veio do banco, marcou quase a metade dos pontos total da equipe, foram 46, ou seja, 47% dos pontos. São fatores assim que mostram a força de uma equipe no basquete.

Vivo/Franca 97 X 65 Univates/Bira

Cestinha: Márcio (Franca) – 16 pontos

Reboteiro: Sabbag (Bira) – 6 rebotes

Homem dos Passes: Matheusinho (Franca) – 8 assistências

Ladrão de Bola: Matheusinho (Franca) – 3 recuperações

Homem dos Tocos: Deivisson (Franca) e Buboltz (Bira) – 1 toco

Lendo o periódico de Lajeado, me deparei que a torcida já dava como certa a derrota do Univates… como fui jogador, sempre acredito que tudo pode acontecer dentro de uma partida e de um campeonato, mas claro que Franca era favorita, sem sombra de dúvida. Li também, que um veículo de comunicação lajeadense, nem sabia o nome da equipe paulista, usou o nome de uma extinta equipe, que brilhou no passado, “Jales”. É o segundo ano que Lajeado está entre os grandes do basquete brasileiro, ano passado as equipes de São Paulo, não participaram, talvez esteja aí a desculpa, mas que isso dói, ah dói. Não saber de Franca, é não saber nada da história do basquete brasileiro, lá eles sabem quem é Univates/Bira, não ficam chamando de Corinthians, Sogipa, União, ou qualquer outro nome… vamos se ligar galera, agora o patamar é outro e a imprensa tem que saber o que está falando. Não me ofendam mais com essas coisas, tratem o basquete com algo realmente sério, viu! E vocês, amantes do basquete o que acham disso?

Resultados
Vivo/Franca-SP 97×65 Univates/Bira-RS
Universo/Brasília-DF 105×84 Paulistano/Amil-SP
São José/Unimed-SP 68×69 Amigão/Assis-SP
Winner/Limeira-SP 89×66 GRSA/Bauru-SP
Saldanha da Gama-ES 76×87 Pitágoras/Minas
Lupo/Araraquara-SP 76×78 Ciser/Joinville-SC
Cetaf/Garoto-ES 63×74 Flamengo

Autor: gaucho

4 ideias sobre “Quem disse que era fácil?

    Fernando Bazalha

    (março 8, 2009 - 12:07 pm)

    Gaúcho, lendo seu comentário sobre o jogo de Franca x Univates/Bira, fiquei mesmo emocionado ao ver o valor que dá a nossa equipe francana. Sou apenas mais um dos tantos fanáticos pelo Franca Basquete. Achei suas palavras muito bem postadas, vc com certeza é um cara de muito caráter. E sobre o pessoal não conhecer Franca, acredito que até seja normal. Não sei se têm muitos adeptos ao basquetebol. Talvez quem acompanhe hoje o Univates/Bira sejam novos torcedores, daí vem o não-conhecimento. Mas realmente falar de basquete sem citar ou conhecer Franca, é um crime. Você sabe bem porque digo isso, o basquetebol está no ar do francano. Aquele que nunca gostou de basquete por aqui, com certeza veio de muuuuito longe sem de nada saber. Um abraço galera, muita sorte para seu time. Que essa nova Liga reaproxime os clubes e seja um sucesso sempre!

    Guilherme

    (março 10, 2009 - 4:08 pm)

    Não foi nada disso! Entendeste errado. O que o jornal de Lajeado colocou foi exatamente o contrário, que lá em São Paulo se esperava uma vitória certa e fácil de Franca e que o Bira foi chamado de Jales pela imprensa local. Todos conhecem a tradição de Franca e a respeitam. Agora, com relação ao Bira, nem sempre o tratamento é digno de um clube com uma história cinquentenária, que conquista títulos em nível regional, possui uma estrutura que nem mesmo o líder do campeonato possui e que busca seu espaço no nível nacional. Tanto isso é verdade que no site draft Brasil, nosso brioso representante é chamado de Lageado. Mais respeito para com o Univates/Bira!

    Guilherme

    (março 10, 2009 - 4:13 pm)

    Trecho da matéria do jornal Informativo sobre o jogo entre Vivo/Franca x Univates/Bira
    “A excelente vitória do Univates/Bira em Araraquara, dois dias antes, não surtiu muito efeito no quesito respeito ao time gaúcho. Tanto que a vitória do Vivo/Franca foi calculada por muitos da cidade como fácil e certa, a ponto de nem se preocuparem com o nome correto do time, chamado por um veículo de imprensa de “Jales”. Por isso também, mais do que nunca, a vontade do tricampeão gaúcho era outra vez surpreender os possíveis desavisados”

    gaucho

    (março 10, 2009 - 9:25 pm)

    Concordo que me equivoquei Guilherme, obrigado pela correção… então meu protesto vai para quem faltou com o respeito pela nossa equipe Gaúcha. Isso tem que acabar no basquete brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.